Destaques


Foto: Janiel Kempers / Dicamarotte
Aconteceu na noite desta quarta-feira (22) no ginásio poliesportivo Desembargador Jorge Rachid a abertura do Campeonato Municipal de Futsal 2015. O ponta pé inicial foi marcado por dois jogos. A primeira partida foi entre as equipes do Flamengo x Elite (Paruá) a equipe da casa, Flamengo, não decepcionou e venceu por 7 x 4. Logo depois a seleção de Santa Luzia do Paruá enfrentou a seleção de Viseu. Em um jogo complicado Santa Luzia do Paruá saiu perdendo, mais conseguiu a virada vencendo também por 7 x 4.




Por Reporter na Área

Polícia Federal apreende maconha em Maracaçumé (MA) (Foto: Sidney Pereira / TV Mirante)
A Operação Expurgo, realizada entre 6 e 20 de julho pela Polícia Federal (PF), Ibama e Grupo Tático Aéreo (GTA) no Maranhão e no Pará, destruiu 222 mil pés de maconha e 157 kg colhidos - o que equivale a 60 toneladas da droga. A informação foi divulgada pela assessoria do órgão na terça-feira (21).

Foram fiscalizadas a Reserva Biológica do Gurupi e as Terras Indígenas Caru, Alto Turiaçu e Awá, no oeste do Maranhão. Já no Pará, a ações foram realizadas na Terra Indígena Alto Rio Guamá e o Polígono do Capim (área dos municípios paraenses de São Domingos do Capim, Concórdia do Pará, Bujarú, Tomé-Açu e Cachoeira do Piriá), no nordeste do Estado.

Não houve prisões. Os acampamentos junto às plantações da droga foram destruídos. Também foram encontradas diversas madeireiras clandestinas no meio da mata, as quais foram destruídas e, os caminhões, usados para o transporte da madeira foram queimados. Foram apreendidas armas e animais silvestres mantidos ilegalmente em cativeiro foram libertados.

Segundo a PF, a Operação Expurgo é continuidade da fiscalização conjunta com o Ibama ocorrida entre os dias 6 e 12 de março deste ano, no nordeste do Maranhão, na qual foram erradicados mais de 62 mil pés de maconha.
O caso aconteceu na cidade de Bom Jardim. Ontem, no final da tarde, populares lincharam um ladrão até a morte, com pauladas e pedradas (foto abaixo).

O linchamento já tinha feito uma vítima fatal no São Cristovão, periferia de São Luís. No dia seguinte, outro marginal foi linchado na principal avenida do Turu. Só escapou da morte graças a presença de uma equipe da TV Mirante que chegou ao local.

Na manhã de quinta-feira, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, uma assaltante foi vitima de linchamento. Como uma viatura da PM chegou ao local, os populares não mataram o bandido.

O blog sempre se posicionou contra a tentativa de fazer justiça com as próprias mãos. A ninguém é dado o direito de tirar a vida de outro semelhante.

Assim como não se pode generalizar achando que as pessoas revoltadas são fascistas ou psicopatas, como disse o deputado federal Jean Wyllys em sua rede social no primeiro caso de linchamento seguido de morte neste ano em São Luís do Maranhão.

No caso do Rio de Janeiro, seu reduto eleitoral, o parlamentar e ex-BBB ficou calado. Aqui a turba enfurecida é fascista e psicopata. Os cariocas que cometeram o mesmo crime, não.

No Rio de Janeiro acontecem a cada hora execuções, crimes por encomendas, assaltos e sequestros que resultam em mortes. Existem até os tribunais do tráfico que condenam à morte quem não reza na sua cartilha. O deputado Jean Wyllys nada diz.

Aqui no Maranhão, como no Rio de Janeiro, as pessoas estão revoltadas pela ausência de políticas públicas que possibilitem segurança e tranquilidade para as famílias.

São dotadas e tomadas pelo sentimento do medo, pela fome de Justiça, que vivem trancadas em suas casas, prisioneiras da insegurança.
A vítima, Raimundo Adriano Leitão Reis (24 anos) residente na Rua do Alto, N° 164 no Distrito Paruá, foi vista pela última vez em uma confraternização regada a bebidas nas margens do Rio Paruá. Segundo informações repassadas pela senhora Socorro, mãe do rapaz, o mesmo saiu as 10h00 de casa informando que iria tomar banho com amigos no rio Paruá, da residência da família até o rio são cerca de 4 minutos de caminhada. A mãe da vítima preparou o almoço contando com a presença do filho porém, como o mesmo não retornou ao seu domicilio para almoçar, a mãe chegou a se preocupar, mas logo em seguida descartou a preocupação tendo em vista que o mesmo estava acompanhado de terceiros. Já às margens do rio e na companhia de amigos, o jovem após ingerir alguns goles de bebida, resolveu pular no rio, minutos depois os amigos notaram a ausência deste que não havia retornado para a superfície após o mergulho. Por volta das 15:00, o pai do rapaz foi informado de que o mesmo havia sido vítima de afogamento e que só depois de uma hora após o ocorrido, e realizadas algumas buscas improvisadas nas imediações, os amigos resolveram acionar os parentes do rapaz. Familiares, amigos e desconhecidos organizaram diversas frentes de busca e se mobilizaram durante toda a tarde de hoje (10) na busca pelo corpo do rapaz, mas sem retorno aplausível. As buscas adentraram a noite e são comandadas pelo próprio pai do rapaz.



Fonte: A cidade de verdade.
Um crime bárbaro chocou a população de Santa Luzia, interior do Maranhão na manhã desta sexta-feira, 10. Edmilson Oliveira do Carmo assassinou a própria esposa Ana Lúcia Monteiros com várias facadas e logo após se matou com um tiro de espingarda na boca.

O motivo da tragédia ainda não foi esclarecido, mas segundo informações, o homem não aceitava o término do relacionamento imposto pela mulher.

Edmilson tinha 65 anos e convivia com a esposa há dois anos. O delegado da cidade informou que o casal brigava bastante por conta dos ciúmes excessivos do homem.

Os moradores relataram ainda que a mulher vivia aprisionada e até para ir à igreja era motivo de brigas. O crime ocorreu no quintal da residência.




Fonte: Luis Cardoso.
Um grave acidente envolvendo duas Carretas aconteceu na noite desta quinta-feira por volta das 08:00h da noite na BR-226 próximo ao Povoado Arara município de Tuntum. Os dois veículos trafegavam no sentido Presidente Dutra.
Testemunhas contam que a Carreta Scania de placas NWT 5833 de São Luis que andava na frente, estourou um dos pneus e a outra que vinha logo atrás bateu fortemente em sua traseira. A Carreta de placas OJO 6191 de Imperatriz estava carregada de botijões de gás e era dirigida pelo motorista conhecido como Pichula que morreu no local. O peso da carga de gás achatou a frente da carreta que ele dirigia deixando-o preso às ferragens agonizado.
Duas equipes do SAMU chegaram ao local logo depois do acidente. Os socorristas ainda encontraram Pichula com vida, por vários minutos tentaram salvá-lo. Até um trator pula-pula foi utilizado para arrancar a porta dianteira, numa tentativa desesperada de liberar o corpo do motorista. Mas não teve jeito, Pichula morreu preso nas ferragens da cabine da carreta. O acidente provocouu um enorme engarrafamento nos dois sentidos da pista. Uma equipe da Polícia Militar comandada pelo Sargento Stênio esteve no local o tempo todo ajudando no resgate da vítima e orientando o trânsito.

Helicóptero do Ibama pousado em Santa Luzia do Paruá. 
O Ibama em parceria com a Polícia Federal e Funai estão realizando na reserva do Gurupi uma mega operação para combater a extração ilegal de madeira da reserva, hoje pela manhã houve protestos em Buriticupu, cidade abastecida com maior parte da madeira extraída na região.

Segundo informações repassadas ao blog a operação não tem data para ser concluída. Na tarde de hoje os oficiais do Ibama pousaram em Santa Luzia do Paruá, e daqui continuarao a operação que se estende por todos os municípios que fazem parte da reserva do Gurupi.


Por Repórter na Área.